Email Marketing Gabriel Portilho

Ao longo desses 5 anos de consultoria em marketing digital, tenho visto diversas mudanças. Em todos os sentidos. Na tecnologia, nas formas de comunicação e nas empresas que investem na internet.

Atualmente, donos de imobiliárias e construtoras têm notado que se posicionar online representa uma possibilidade real de aumentar seus ganhos! Se você está aqui, é porque provavelmente é uma dessas pessoas.

E isso tudo é muito lucrativo.

Cada vez mais tenho me dedicado a criar estratégias inteligentes, que otimizam custos e maximizam resultados.

Se você ainda não faz nenhuma ação na internet, saiba que o tempo é agora!

Para você que está começando, ou mesmo você que já iniciou suas campanhas, hoje vou falar um pouco mais de e-mail marketing para imóveis. Essa que é uma das ferramentas mais utilizadas pelos criadores de conteúdo, pode também, trazer resultado muito bons para o mercado imobiliário.

Afinal de contas, quem não possui um e-mail nos dias atuais?

Ao mesmo tempo, essa é uma das ferramentas em que eu mais vejo pessoas cometendo erros bobos.

Mas não se preocupe!

Eu posso te garantir que se você prestar atenção a esses detalhes que eu vou te mostrar, suas possibilidades de conversão aumentarão significativamente.

Então, fique comigo!

Marketing digital imobiliário

Você deve concordar comigo que o mercado e o mundo dos negócios mudaram drasticamente desde o início do último século e continuam sofrendo diversas transformações.

Máquinas de escrever foram substituídas por poderosos computadores.

A internet passou a ser o principal veículo de informações.

Aparelhos celulares, antes apenas para ligações, passaram a ser recebedores de conteúdos. Conteúdos esses que precisam ser gerados por alguém, e com algum propósito.

Lembre-se, se o seu cliente não está consumindo o seu conteúdo, é muito provável que ele esteja consumindo o da concorrência.

Mas fique tranquilo, se você já iniciou seus projetos de criação de conteúdo, agora basta saber de que forma irá conduzir sua audiência de maneira mais adequada.

Como era de se esperar, o mercado imobiliário também sofreu forte impacto dos novos formatos de mídia digital e diversas imobiliárias e construtoras já entenderam que gerar leads através de seu site é uma excelente maneira de fechar novos negócios.

Além disso, mais do que gerar leads, é preciso nutri-los da maneira correta. Você pode alcançá-los de diversas formas, mas uma das mais utilizadas ainda é o e-mail marketing.

E-mail marketing para imóveis: uma ferramenta para o mercado imobiliário

O número de usuários de e-mail ao redor do mundo é assustador, chega a 2,9 bilhões de pessoas! Ou seja, mais de um terço da população mundial acessa diariamente e-mails.

Você consegue atingir os clientes do seu negócio com essa ferramenta?

Alcance real

Mesmo com a popularização das redes sociais, o e-mail marketing continua sendo a ferramenta que você tem a maior possibilidade de alcance em sua publicação.

Vamos supor que você possua uma rede social, como o Instagram ou mesmo o Facebook. Por mais que você faça uma publicação em sua página, dificilmente ela alcançará 100% de seus seguidores.

Isso porque redes sociais se baseiam em algoritmos. Ou seja, você nunca vai poder contar exclusivamente com a qualidade da sua publicação.

Indo na contramão dessa estatística, quando você possui uma lista bem higienizada de e-mails, 100% dos contatos receberão sua mensagem. Segundo o Mailchimp, para empresas de 1 a 10 colaboradores, a taxa de abertura média é de 21,53%.

Flexibilidade

Redes sociais restringem a publicação a uma imagem e texto. Tudo bem, eu sei que isso é muito importante.

Mas o e-mail marketing acaba abrindo muito mais as possibilidade de criação de conteúdo para apresentar ao seu cliente.

Isso envolve gráficos, links para páginas da web, entre outras funcionalidades. E o melhor, sem limites de caracteres!

Alguns números do mercado de e-mail marketing

Para você ter uma noção do potencial do e-mail marketing para o seu negócio imobiliário, acompanhe as estatísticas, entre elas, algumas levantadas em pesquisa pela Adobe Digital Insights (ADI):

  • Os usuários passam pelo menos 4 horas por dia checando e-mails todos os dias. Isso pode ser caracterizado por um comportamento de ferramenta “sempre online”.
  • Mais de 80% de usuários pesquisados utilizam seu smartphone para visualizar e-mails.
  • Mais de 50% dos participantes entrevistados preferem receber promoções de produtos ou oportunidades imobiliárias via e-mail.

Essas são apenas algumas informações para te mostrar a ferramenta ainda é extremamente potente e ágil que está a seu acesso.

Mesmo assim, para explorar ao máximo a sua potencialidade, você deve tomar alguns cuidados. Como toda ferramenta, ela precisa ser bem utilizada para alcançar resultados.

Pensando nisso, fiz uma lista de erros que você não deve cometer ao utilizar o e-mail marketing e que te ajudarão a sair na frente de muitas empresas que ainda não perceberam isso!

Conheça abaixo os maiores erros que eu vejo direto e algumas dicas de como fazer diferente!

Principais erros em e-mail marketing para imóveis

  • Assunto desinteressante

Por melhor formatado que esteja seu e-mail, toda sua estratégia pode ir por água abaixo se o assunto não for interessante.

Isso pode acontecer por diversas causas. Muitas vezes devido ao tamanho extenso do assunto de e-mail, seu cliente não se sinta motivado a clicá-lo.

Dica: Cative o seu leitor desde o assunto, com algo interessante e, principalmente, atente-se ao tamanho dele.

  • Pré-visualização pouco atrativa

A vida nos escritórios é cada vez mais agitada e corrida. Para você definir qual a prioridade vai dar a leitura de seus e-mails, é muito comum utilizarmos a pré-visualização (pre header) de e-mails.

Ou seja, se o seu e-mail não contar com uma mensagem atrativa, é muito provável que seu e-mail perca preferência e seja deixado de lado.

Dica: Use a pré-visualização para mostrar o porquê seu conteúdo é relevante e merece atenção.

  • Não ter um endereço de resposta

Tão bom quanto um e-mail bem escrito, é ter um contato para resposta. Afinal de contas, quem é que gosta de receber um e-mail que não poderá responder?

Preste muita atenção a esse detalhe muito importante.

Dica: Mantenha sempre um endereço de resposta em seu e-mail. Dessa forma, você vai ter uma possibilidade de seu cliente tirar dúvidas ou solicitar orçamentos a você.

  • Foco no produto 

Seu cliente muitas vezes sabe que seu imóvel é bom, porém, o que a maioria dos clientes quer, é saber o que ele vai ganhar além disso.

Quem sabe se ao invés de focar apenas nas características do seu imóvel, você destacar as opções de lazer, ou como a creche para os filhos de seus clientes estarão acessíveis se ele optar pelo seu imóvel ele não esteja mais inclinado a escolhê-lo?

Dica: Mostre as vantagens que vão além de concreto e aço. Entregue valor a seu cliente.

  •  Não entregar valor 

Vindo de encontro ao tópico anterior, seu cliente quer ser surpreendido com algo que gere valor ao seu negócio. Somente assim você irá conseguir manter uma relação de longo prazo com seu cliente, para que enfim, consiga efetivar um negócio com o mesmo.

  • Usar imagens demais

Por mais que seus clientes tenham diversas plataformas para abrir seu e-mail, nem todas são compatíveis com abertura de imagens.Principalmente se elas estiverem em excesso.

Dica: Ao invés de abrir mão das imagens, utilize-as em equilíbrio. Além de torná-lo mais amigável, isso aumenta a possibilidade de interação de seu cliente com sua mensagem.

  • Não se atentar à frequência de disparos

Aí está o calcanhar de Aquiles de diversas empresas. Afinal de contas, qual a frequência correta para realizar os disparos de e-mail marketing para imóveis?

Uma forma eficaz de minimizar esse problema é tirar essa informação diretamente com seu cliente. Quando ele se cadastrar para receber suas promoções, solicite a ele sua preferência de recebimento.

Você pode ter certeza que isso lhe poupará muitas dores de cabeça, além que garantir mais retornos em sua lista de assinantes.

  • Contradições

Se você tem por hábito enviar uma quantidade muito grande de e-mails, corre esse risco.

Por exemplo: Se seu cliente recebeu uma mensagem com promoções de 10% de desconto e resolveu fechar negócio com a sua empresa, não seria de bom tom que ele recebesse uma mensagem dias depois apresentando descontos de 20%.

Isso, além de confundi-lo, irá diminuir sensivelmente a confiança de seu cliente em sua imobiliária ou construtora.

Dica: Esteja sempre atento ao conteúdo dos seus e-mails e se eles não contradizem informações passadas anteriormente.

  • Erros de português

Até parece um clichê, mas é de extrema importância que você não cometa este erro!

Seu e-mail é quase como o cartão portal da sua empresa.  Não seria nada legal que ele passasse a impressão de que a sua empresa é desleixada quanto a preocupação com a língua portuguesa, não é mesmo?

Dica: Preste muita atenção na construção do e-mail e, se possível, tenha uma equipe especializada em revisão e edição de textos.

Por mais atento que você seja, um erro que você mesmo cometeu pode passar batido, mas quem não está lidando diretamente com o texto pode encontrar equívocos gramaticais com maior facilidade.

  • Não segmentar sua lista de e-mail marketing para imóveis

Imagine a seguinte situação: Você não possui cabelos, mas recebe todo dia mensagens de um novo shampoo no mercado. O que faria com essa mensagem?

Pode parecer um exemplo bobo, mas ninguém gosta de receber mensagens com soluções que estão fora de seu perfil.

Isso vale para seus clientes também!

Apresentar a eles soluções que condizem com sua realidade fará com que as chances de que um negócio seja concretizado aumentem significativamente.

Dica: Crie mecanismos de segmentação do seu público para personalizar os conteúdos que eles receberão por e-mail.

  • Encaminhar e-mail marketing com tom muito impessoal

A geração de robôs virtuais criou uma bolha de interação que dificilmente será suprida sem a presença humana.

Isso pode parecer grego, mas ninguém gosta de conversar de maneira robótica, principalmente se tratando da aquisição de um sonho, como a casa própria.

Dica: Se comunique na língua que seu cliente quer falar e convença-o de que você realmente estava pensando nele ao escrever aquele e-mail. Tenho certeza que suas conversões serão muito mais satisfatórias.

  • Não esclarecer as informações importantes

Como já conversamos, tempo é tudo! Saber posicionar suas informações em seu e-mail são fundamentais para isso.

Uma das maneiras de atrair e reter seu público na sua mensagem, é utilizar de maneira inteligente as informações acima da quebra da página.

Mas o que isso significa?

A quebra da página é a parte de tela que seu cliente irá visualizar a mensagem sem precisar rolar a mensagem.

Manter as informações mais importantes nessa página irá auxiliar você a reter seu cliente e fazê-lo despertar o interesse de clique.

  • Não ter fluxos de e-mail marketing para imóveis bem montados

Se você não possuir seus fluxos adequados, a probabilidade de seus clientes estarem recebendo mensagens na hora errada é muito grande.

Afinal de contas, até seu lead estar pronto para fechar um negócio, ele precisa receber as informações necessárias que o farão ter confiança em sua imobiliária ou construtora.

Dica: Defina de maneira simples e objetiva quais passos seu cliente deve caminhar até estar apto para fechar negócio.

Isso não significa que uma vez montada, essa estratégia nunca mais será mudada. Observe o comportamento das interações para, caso necessitar, fazer os devidos ajustes.

  • Comprar listas 

Esse é um dos erros mais comuns de quem utiliza essa ferramenta de marketing.

Tenha sempre em mente: Quantidade nunca será qualidade!

Uma das práticas mais comuns a quem está iniciando a modalidade de e-mail marketing é adquirir listas de contatos através de empresas especializadas nesse tipo de comércio.

Mas porque utilizar essas listas é tão ruim?

Pense comigo: Você gostaria de chegar em casa e encontrar uma pessoa totalmente desconhecida sentada em sua sala?

Acredito que a resposta é não.

Da mesma forma, quando você adquire uma lista de e-mails de clientes que não estão esperando a sua “visita”, isso pode soar como invasivo, deselegante e desnecessário.

Se os problemas fossem apenas esses, seria muito simples. Ele iria cancelar o envio de suas newsletters e pronto.

Porém, é aí que se esconde o perigo.

Visando diminuir cada vez mais a prática de SPAM, e-mails que constantemente são descadastrados ou mesmo marcados como SPAM, acabam indo parar em listas negras das provedoras de e-mails.

Ou seja, por mais bem elaborado e arquitetado que seja seu e-mail, provavelmente será destinado às caixas de lixo eletrônico de seus clientes automaticamente.

Esse assunto é tão delicado, que poderia até mesmo ser dedicado a um artigo exclusivo. Mas em linhas gerais, fuja de listas compradas para disparo de e-mail marketing para imóveis.

Dica: Envie e-mail para pessoas que se cadastraram no seu site ou rede social. Essas são as pessoas que desejam receber o seu conteúdo e se interessam pelo que você tem a oferecer.  Foque neles!

  • Não utilizar uma ferramenta de disparo

É muito comum que, ao iniciar a implementação de campanhas de e-mail marketing, as pessoas queiram fazer disparos em massa de suas caixas de e-mails padrão, o que pode se mostrar uma escolha muito errada.

Quando você dispara muitos e-mails de uma plataforma que não é adequada para isso, seu provedor de e-mails pode facilmente assimilar isso à prática de SPAM.

O resultado? Da mesma forma que comprar listas, seu contato de e-mail pode ir parar em uma lista negra.

Mas o que fazer então?

Dica: Contrate empresas especializadas em automação de marketing com envio e mensuração de resultados. Hoje existem diversas no mercado, muitas inclusive gratuitas. MailChimp, RDStation, Hubspot, ActiveCampaign são boas opções.

Pesquise, analise e veja qual irá se encaixar mais ao perfil da sua empresa.

Analise, estude e defina estratégias antes de usar o e-mail marketing para imóveis

Utilizar o e-mail marketing como forma de captar, qualificar e gerar negócios tem se mostrado uma ferramenta muito eficaz.

Porém, para que você otimize ainda mais os seus resultados, é fundamental observar com atenção pequenos pontos para que sua experiência seja ainda mais rentável.

Consultoria

Nesse artigo eu procurei ajudá-lo a entender quais os pontos positivos de se trabalhar com o e-mail marketing e quais erros não cometer para nutrir seus leads de forma correta.

Gostou das dicas? Quer alavancar ainda mais seu negócio? Então não perca tempo!

Essa é apenas uma das possibilidades de negócio que você possui a partir do marketing digital imobiliário, mas existem muitas outras!

Se você quiser minha ajuda para acelerar seus resultados, encurtando seus caminhos, saiba como funciona minha Consultoria de Marketing Digital Imobiliário.

Posts Recomendados

Seja o primeiro a comentar


Fazer comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *